O sentimento de vazio



 Meu diário,diário de dias ruins é o que esse blog está se tornando,me desculpem pela minha ocasional tristeza é que ultimamente tenho procurado a menina carinhosa que eu fui algum dia,mas sabe o que eu tenho percebido? 

Que nunca fui meiga e essa é a mais pura verdade,eu não sei mais demonstrar amor,na verdade eu nem sei mais se amo ou amei algum dia, está tudo tão confuso,o que eu sinto é o não sentir, é o nada.

É perturbador não sentir nada, apenas tédio indiferença e as vezes raiva e tristeza,mas na maioria das vezes nada.

Eu não posso dar o que eu não tenho e o que eu sinto é que não tenho mais amor em mim ele se esvaiu, e podem dizer o que quiserem,mas o amor é a única coisa que dá sentido a existência.

As pessoas podem me dar amor mas eu simplesmente não consigo receber, não consigo mais, parece que meu coração se quebrou,mas não de um modo poético não de modo que tenha concerto ,e isso tornou meu coração dispensável apesar de continuar batendo.

 Porque foi por causa dele que eu me tornei miserável porque um ser humano que não consegue amar, seja de que forma for, não passa de uma miserável máquina de respirar e existir.

Postagens mais visitadas deste blog

A vida e outras coisas

O monstro da procrastinação

A menina guerreira