A última a morrer


Aquela menina que andava saltitante pelas ruas era diferente do restante,com cores vivas no seu vestido,ela sorria e dançava,sorria e cantava,que sorriso encantador ela tinha!

Ao meu redor todos de preto e cinza,as únicas cores que via era daquele vestido e do rosto iluminado da menina,ela veio até mim segurou minhas mãos entre as suas e perguntou "você sabe quem eu sou?",eu pensei durante um instante,ela me parecia familiar,mas não me vinha nenhum nome a cabeça. "Não.Não sei,quem é você?" ela sorriu de forma ainda mais acolhedora e disse " eu sou a última a morrer" e saiu saltitando,nem ao menos me deixou perguntar o que aquilo queria dizer.

Durante dias eu varri as ruas com com os olhos a procura de um vestido de cores vibrantes ou de uma menina saltitante, não encontrei,mas não fiquei frustrada por isso, porque desde daquele dia algo se renovou em mim, algo cálido que faz morada no coração de forma pacífica.

No entanto,em um daqueles dias que acordamos e simplesmente tentamos viver porque não há outra coisa a se fazer,eu fui ao parque e me sentei no mesmo banco de sempre,ela estava lá,a menina, porém muito distante para que a minha voz a alcançasse, mesmo assim eu gritei tentando lhe chamar a atenção,uma criança que brincava por perto virou o rosto pra mim e então olhou na direção em que eu estava olhando.

A criança sentou no banco ao meu lado "você também a vê?" ela perguntou,eu a olhei surpresa e respondi hesitante "Sim.Você sabe quem ela é?" "Adultos são meio cegos,mas pelo menos você a vê o que já é muito. Não consegue adivinhar o nome dela,nem um chute?" "Não faço ideia" falo ansiosa pra saber logo a resposta,a criança sorri,olha  pra menina a distância​ e diz "O nome dela é Esperança".

Comentários

  1. Nossa! Simplesmente maravilhoso. Isso é pra se levar para a vida. Realmente quando ficamos adultos perdemos a esperança em muitas coisas. Mas como se diz a esperança é a última que morre ❤.
    Parabéns pelo seu blog .

    https://umanovagarotacrista.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathelly fico feliz que tenha gostado muito obrigado um beijo!

      Excluir
  2. Eu gostei do seu texto. Quando li o nome e ainda estava no primeiro parágrafo, achei que seria algo mais triste e dramático, mas me enganei. Muito bem escrito, a humanização da esperança ficou incrível, principalmente sendo feita por uma criança :) parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Nossa que texto lindo. Confesso que no começo fiquei tentando adivinhar quem seria " a última a morrer" e que lindo e interessante fazer um texto sobre esperança, um sentimento que anda morrendo em tanta gente. Muito bom, adorei!
    Beijos!

    lesjoursdemarcela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi essa a intenção rsrs, obrigada Marcela beijo!

      Excluir
  4. Adorei seu texto me faz refletir que por muita das vezes perdemos a esperança. e a esperança e algo que não devemos perder nunca. adorei seu blog retornarei mais vezes. Texto incrível!
    https://alittlegirllol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o poder que as palavras tem e gosto de usa las pro bem fico feliz que tenha gostado, obrigada pela visita beijão!

      Excluir
  5. Que texto mais lindo! Fiquei emocionada, me tocou demais. Realmente, depois de adultos perdemos toda a esperança que temos, mas dá pra entender, pois é na vida adulta que levamos os maiores baques da vida!

    http://blogquinzeprasnove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Ana é difícil,mas não podemos esquecer da nossa essência.
      Um abraço!

      Excluir
  6. Own, que fofo. A bíblia diz que a esperança nunca morre. E é verdade, conforme crescemos, esquecemos da existência dela e ficamos cada vez mais incrédulos e perdemos "essa menina" de vista. Adorei o texto, achei que fosse bem triste e quando terminei, fiquei "puxa vida". Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou,valeu pela visita e volte sempre rsrs,um beijão.

      Excluir
  7. Que lindo!! Amei que sempre possa ver esperança em minha vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, que Deus sempre a renove na sua vida, beijos!

      Excluir
  8. É aquele velho ditado de nunca deixar a criança que vive dentro de você morrer. Não sei se é o crescer da vida que nos deixa tão cegos a ponto de não ver coisas simples e perder a esperença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crescer dói e por isso esquecemos o essencial as coisas pequenas.
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Diga o que achou,que eu agradeço desde já pelo comentário e pela visita!